27 ideias INCRÍVEIS para reciclar Rolo de Papel Higiênico


Aqueles rolinhos que vão para o lixo quando acaba o papel higiênico podem se transformar em lindas embalagens. As 27 ideias das fotos são simples de fazer e sem gastar praticamente nada.
O papel higiênico foi inventado cerca do ano 875 a.C pelos chineses e por muito tempo foi artigo de luxousado só por quem era da elite ou da corte imperial.
Já os outros utilizavam para sua higiene pessoal folhas de alface, sabugos de milhos, palha, peles, grama, folhas de mato ou água.
Os primeiros rolos de papel higiênicos produzidos eram grandes e bem largos, de 60 até 90 cm e só a partir de 1879 teve início a produção comercial, mas da mesma forma, permanecendo inacessível para o povo em geral.
A partir de 1857, Joseph C. Gayetty iniciou a venda do papel em folhas e só em 1880 foram fabricados em rolos pelos irmãos Scott, da empresa Scott Paper Company, sediada na Filadélfia  e colocados no mercado com muitas restrições, já que colocar rolos de papel higiênico em exposição para venda era uma afronta aos bons costumes.
Só a partir de 1935 que começou ser produzido em larga escala e com preço que uma grande parte da população, principalmente das cidades começaram a consumir.
Hoje é impensável viver sem o papel higiênico e tem de muitos tipos, desde os mais simples até os dupla face e perfumados.
Fonte: arteblog.net

27 ideias INCRÍVEIS para reciclar Rolo de Papel Higiênico 27 ideias INCRÍVEIS para reciclar Rolo de Papel Higiênico Reviewed by Redação on 06:20 Rating: 5

Nenhum comentário

Image Link [https://scontent.fmgf1-2.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/26907960_326449137867765_6042693685053291083_n.png?oh=fea8f57400b9532c6cd0d110f5682569&oe=5B237934] Author Name [Fatos Incrível] Author Description [Redaçao do Fatos Incrível, apaixonado por curiosidade, seu hobby é viajar pelo mundo e trazer curiosidades incrível para que todos saibam] Facebook Username [fatosincrivel] Twitter Username [fatosincrivel] GPlus Username [111130603617382430166] Pinterest Username [#] Instagram Username [fatosincrivel]